terça-feira, 8 de Junho de 2010

A minha casa de sonho

No núcleo gerador “Urbanismo e Mobilidade”, no Dr1, foi-nos pedido que elaborássemos um texto sobre a construção da casa dos nossos sonhos. Como ainda não tenho casa própria, tenho de imaginar como seria.

Como vivo com os meus pais, tenho o sonho de um dia construir uma casa, mas para isso tem que se ter a certeza absoluta como a quero construir, pois é uma obra para o resto da minha vida e o país não anda muito propício a nível financeiro.

As primeiras etapas que acontecem para a construção de uma casa são: primeiro comprar terreno num sítio de que goste e que tenha bons acessos, uma boa visibilidade e um ambiente favorável, de preferência bastante soalheiro.

Seguidamente, pensar na estrutura da casa. Ir ao registo fazer a escritura, após o terreno já estar legalizado, tenho que contratar um arquitecto para fazer a planta da casa, dando a minha opinião e aprovação. Depois é preciso ser aprovada pelo engenheiro da câmara para que se possa ter o alvará de construção. Seguidamente tenho que contratar o empreiteiro para dar o orçamento da obra, para se saber o montante a pedir ao banco, caso seja necessário. É sabido que para se construir uma casa gasta-se muito dinheiro, em materiais, entre outras coisas. Após já estar aprovada a planta, começa-se por se fazer o desaterro e, de seguida, os alicerces.

Gostava que a minha casa fosse rés-do-chão e quanto as divisões dela, pensei em quatro quartos grandes e dentro de um dos quartos uma casa de banho privada média. Para além disso, queria uma sala de estar, uma cozinha grande, pois é lá que se passa a maior parte do tempo, um corredor e mais duas casas de banho, com um hall de entrada e uma garagem grande ao lado. Quando ao local para essa construção, gostaria que fosse num sítio rural, pois é muito mais calmo do que os centros urbanos. Gostaria ainda de ter um bom jardim com árvores, piscina e balneários, esplanadas viradas ao sol, com uma churrasqueira, para fazer grandes festas com os meus amigos.

A obra que planeei é em pedra. Os materiais que serão utilizados são: cimento, areia, pedra, vigas de maprel, tijoleira, malhasol, taipais de metal para a construção da obra da casa, tijolo, madeira, tábuas de zimbre, ferro, patela, azulejo, telhas francesas, rodapé, grades, saneamento, tubos PVC para o saneamento, tubos de inox para as ligações da água, pregos, cabos eléctricos, tubos para a canalização da água e escoras metálicas.

Para os quartos, gostaria de chão flutuante, patela no chão no corredor e azulejo na parede. Na cozinha, patela estalene e na parede azulejo. Quanto à casa de banho, azulejos na parede e patela no chão e a louça roca. Gostaria ainda de portas interiores em mogno e aros faia, as portas e janelas exteriores em alumínio branco, portadas maneáveis brancas, ripas para o assentamento da telha em inox, a rampa em cubo granito castanho 5 por 5, porta de garagem elevatória, guias de granito para separação do cubo e da terra.

Por fim, esta é a minha casa de sonhos. É assim que eu a penso e que a desejo, mas na altura logo se vê. Talvez tenha que alterar alguns aspectos, por exemplo actualizar-me com as modas da época actual.

Sem comentários:

Enviar um comentário